Fibra óptica: tudo o que você precisa saber

Fibra óptica é um meio físico o qual possibilita a transmissão de luz por reflexões contínuas

Se você está entre a maioria da população brasileira que tem acesso à internet, certamente você já ouviu falar em fibra óptica. Neste artigo, vamos esclarecer ao máximo o que é, como funciona e qual é a importância desta tecnologia.

Principal tecnologia de conexão de internet fixa no Brasil desde o ano 2020, quando superou a rede de cabos metálicos, a fibra óptica chegou pelo menos a 7,5 milhões de clientes no País até o final de 2021, seja por meio de novas aquisições ou migrações, de acordo com dados da Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações).

A maioria dos acessos à internet no Brasil, contudo, já é feito através da internet de fibra (46,8%), seguida pela internet a cabo (26,4%), segundo o último levantamento da própria Anatel, o que indica que a fibra óptica está em franco crescimento.

Hoje, o (ainda) alto custo para instalação dos cabos é praticamente o único empecilho para essa tecnologia se desenvolver ainda mais no País, um obstáculo cuja tendência é ser superado muito em breve.

O que é fibra óptica?

Mas, afinal de contas, o que é fibra óptica? De forma conceitual e científica, fibra óptica é um meio físico o qual possibilita a transmissão de luz por reflexões contínuas, sem a ocorrência de perdas, no interior de uma superfície até a chegada de outra extremidade.

Para que serve a fibra óptica?

A fibra óptica é utilizada para transmitir dados em várias áreas, com a vantagem de atingir esse objetivo apresentando um formato compacto, com material facilmente instalado e por meio de um ótimo custo-benefício.

Como surgiu a fibra óptica?

Até as últimas décadas do século 19 se acreditava que a luz caminhava apenas em linha reta. Em 1870, porém, o físico inglês John Tyndall conseguiu demonstrar que, na verdade, a luz pode fazer curvas.

Como ele conseguiu isso? O cientista usou uma lanterna em um recipiente opaco e com luz, demonstrando que no meio havia uma curva.

Já em 1952, o físico indiano Narinder Kapany se aprofundou no tema e realizou as adaptações necessárias para alcançar a refração ideal: se consolidava, então, a ideia de fibra óptica, que seria utilizada inicialmente na medicina. Uma década depois foi a vez de o físico chinês Charles Kao dar uma contribuição significativa acerca da fibra óptica. Foi ele quem descobriu que os cabos de fibra óptica eram mais rápidos e menores para a transmissão de dados.

Fibra óptica possui inúmeras vantagens em relação as demais tecnologias existentes no mercado
Fibra óptica possui inúmeras vantagens em relação as demais tecnologias existentes no mercado/Foto: Patrick Turner/Unsplash

A partir da descoberta de Kao, a fibra óptica passou a ser utilizada por diversos setores, tais como computação, satélites e fotografia, entre outros.

Principais tipos de fibra óptica

E quais são os principais tipos de fibra óptica? Atualmente, as possibilidades de utilização da tecnologia de fibra óptica mais utilizadas são a Monomodo e a Multimodo.

Explicaremos agora as principais características e usabilidades de cada um:

Monomodo: a densidade é a principal característica da fibra monomodo. Ideal para os sinais de grandes distâncias, ela possui um núcleo menor, bem como um único caminho (sinal de luz) e é utilizada tanto em redes externas de transmissão e distribuição, quanto nas redes internas.

Em relação a outros tipos de fibra óptica, a monomodo necessita de maior especialização para ser instalada e, por esse motivo, tem um custo maior.

Multimodo: a fibra multimodo, por sua vez, apresenta um núcleo de menor densidade. A consequência desta característica é propiciar um espaço maior para a dispersão da luz, fazendo com que ela possa ser refletida com mais suavidade.

Imagine uma organização/empresa que necessita de uma rede interna de alcance curto (até 2 km). Nesse caso, a fibra óptica multimodo é mais recomendada pelos especialistas em telecomunicações, uma vez que consegue fazer com que inúmeros feixes de luz percorram o mesmo caminho. Todavia, tem uma abrangência mais limitada. Ao mesmo tempo, é mais fácil de ser instalada, e menos onerosa financeiramente.

Quais são as vantagens da fibra óptica?

De acordo com a experiência dos técnicos da Instaltec, as principais vantagens da fibra óptica em relação as demais tecnologias são as seguintes:

  • Maior velocidade na transmissão de dados;
  • Facilidade de manutenção;
  • Durabilidade;
  • Gerenciamento em plataforma única;
  • Possibilidade de atualizações;
  • Ocupação de menos espaços (fim do cabeamento);
  • Inexistência de interferência elétrica;
  • Melhor custo-benefício.

Redes ópticas passivas: o que são?

As redes ópticas passivas (Passive Optical Network) são consideradas um verdadeiro avanço na arquitetura de rede ponto-multiponto. Isso se dá por conta de características como o uso do sinal óptico (luz) em seu meio físico.

Além disso, as redes ópticas passivas dispensam os equipamentos ativos entre o dispositivo do usuário final e a central local, além de não haver a necessidade de energia elétrica na rede distribuidora.

Você sabia?

Quando o assunto é uma infraestrutura de rede de excelência, as redes ópticas passivas GPON e EPON são as duas tecnologias mais utilizadas hoje em dia. Isso ocorre porque elas conseguem entregar taxas altas de transmissão de dados e conectividade veloz.

GPON e EPON: qual é a diferença?

Se o provedor conta com um elevado número de usuários e serviços, as redes ópticas passivas do tipo GPON costumam ser mais indicadas, uma vez que contribuir para ganhar mais escala no médio e longo prazo. Geralmente, entregam alta qualidade nas conexões, boa performance e velocidade.

As redes ópticas passivas do tipo EPON, por sua vez, apresentam complexidade menor e são mais indicadas aos usuários que estejam iniciando a oferta de serviços. Muito comuns em condomínios, essas redes podem atuar em projetos descentralizados, contam com produtos mais acessíveis e também entregam boa qualidade.

Qual rede PON escolher?

Muita gente costuma ficar em dúvida sobre qual rede PON deve escolher. A resposta, contudo, dependerá da necessidade específica do seu provedor, e de quanto pode desembolsar.

Vale destacar que estas duas redes podem atuar em conjunto, o que é muito comum nos casos de migração da rede EPON (tecnologia mais antiga) para uma GPON.

Fibra óptica: 8 equipamentos para iniciar a rede

A escolha dos equipamentos é de fundamental importância em um projeto de fibra óptica, afinal de contas, para que a rede apresente alta performance é necessário que ela seja formada por uma aparelhagem de alta qualidade.

Listamos alguns dos equipamentos que costumam ser demandados:

  1. Optical Network Terminal (ONT/ONU);
  2. Cabo drop low friction;
  3. Caixas de Terminação Óptica;
  4. Splitters;
  5. Conectores;
  6. OLT (Terminal de Linha Óptica);
  7. OTDR (reflectômetro óptico no domínio do tempo);
  8. Máquina de fusão.
Ao lançar a fibra óptica é necessário realizar as emendas de extremidades, que se dá pelo processo de fusão.
Ao lançar a fibra óptica é necessário realizar as emendas de extremidades, que se dá pelo processo de fusão.
Ao final do serviço, a Instaltec realiza um teste com o certificador e emite um relatório que comprova a qualidade do serviço
Ao final do serviço, a Instaltec realiza um teste com o certificador e emite um relatório que comprova a qualidade do serviço

Instaltec tem expertise em fibra óptica

Gostou deste artigo?Esperamos que este conteúdo tenha sido relevantepara você aprender mais sobre fibra óptica, uma tecnologia que está em crescimento em todo o mundo por conta de seus inúmeros benefícios.

Você sabia que a Instaltec executa serviços de instalação, conectorização e fusão de fibra ótica? A empresa, que tem quase três décadas de atuação no mercado, utiliza as mais modernas tecnologias disponíveis.

A Instaltec utiliza equipamentos de última geração, o que faz com que as fusões saiam perfeitas. Ao final do serviço, a empresa realiza um teste com o certificador e emite um relatório que comprova a qualidade do serviço. Ficou interessado(a)? Entre em contato, agora mesmo, com um de nossos consultores: (71) 3230-0789/98153-4595

Outros Artigos

Aviso de Recesso Junino

Estaremos em período de recesso do dia 22 a 25/06.