Tipos de cabos de fibra óptica: multimodo e monomodo

Dois tipos de cabos de fibra óptica

A fibra óptica é um tipo de tecnologia utilizada para transmissão de informações por meio de feixes de luz. Atualmente no mercado, é a tecnologia mais moderna e que apresenta o melhor desempenho. Além disso, é também o meio físico de transmissão de dados com menor impacto ambiental. Mas dentro dessa tecnologia é possível encontrar diferentes tipos de cabos de fibra óptica. Então, nesse artigo você conhecerá as mais relevantes características, vantagens, desvantagens e diferenças entre os cabos multimodal e monomodal.

Por que é importante conhecer os tipos de cabos de fibra óptica?

Cada um dos tipos de cabos de fibra óptica apresenta características diferentes. Por esse motivo, é fundamental conhecer os modelos disponíveis, a fim de que seja possível avaliar a real necessidade do cliente e compatibilizar essa necessidade com as opções disponíveis.

Isso acontece, por exemplo, porque um dos tipos funciona melhor para longas distâncias e o outro apresenta desempenho ruim nesse quesito. Então, conhecer as diferenças entre cabo multimodo e cabo monomodo permite ao profissional montar um projeto que atenda com eficiência a demanda do cliente.

Inclusive, se você pretende ter uma infraestrutura de rede mais eficiente e sustentável, conectada com as reais necessidades de seu negócio, entre em contato com a Instaltec, empresa nível Gold na certificação da Furukawa, com expertise na elaboração e execução de projetos de todos os portes.

Cabo de fibra multimodo

O tipo de cabo de fibra óptica denominado multimodo possui um núcleo mais amplo, ou seja, com o diâmetro maior. Ele leva esse nome, porque permite a passagem de modos de luz múltiplos, gerando vários reflexos do feixe de luz.

Nesse modelo, portanto, em razão desse núcleo mais largo, a propagação de luz acontece de forma mais dispersa. Por esse motivo, existe uma perda de luz maior, o que o torna mais limitado em relação à distância, ao alcance e à velocidade.

Então se a intenção é alcançar uma área mais distante ou que tenha muitas curvas, por exemplo, o melhor é optar pelo modelo monomodo.

Além disso, a composição deles é normalmente de fibras de plástico.

Dentre as vantagens do cabo multimodo estão o custo mais baixo e a facilidade de operacionalização, instalação e manutenção, em relação ao tipo monomodo.

Por sua vez, como já antecipamos acima, uma das desvantagens é justamente a limitação de distância e velocidade.

Por exemplo, o cabo de fibra multimodo permite alcançar a velocidade de 10 GB quando a instalação é em distâncias com limite máximo de 300 m. Porém, se for uma utilização para distâncias entre 300 m e 2 km, que é uma média de alcance para esse cabo, a velocidade cai drasticamente para 100 Mbit/s.

Existe no mercado uma variedade de cabos multimodo, com dois tamanhos de núcleo distintos, 62,5 ou 50 micrômetros.

Eles também estão disponíveis em cores distintas, a fim de que sejam facilmente identificados. Por exemplo, o cabo OM3 tem uma coloração azul claro e o OM5 tem cor verde-limão.

Em razão de suas características principais, o cabo de fibra multimodo é recomendado para instalações internas.

Cabo de fibra monomodo

Os cabos de fibra óptica conhecidos por monomodo possuem o núcleo com tamanho bem menor do que o multimodo. Além disso, o revestimento é mais grosso, nessa comparação.

Essa característica resulta em um espaço muito mais concentrado para transmissão dos feixes de luz. Ou seja, o percurso que a luz faz pelo cabo é mais retilíneo e direto, sem tantos reflexos.

Consequentemente, a perda de luz é bem menor daquela registrada no cabo multimodo, mesmo nos casos em que há curvas e distâncias longas.

Em relação à composição, os cabos monomodos são comumente constituídos por vidro.

Todas essas particularidades oferecem um alto grau de performance a esse tipo de cabo de fibra óptica, trazendo inúmeras vantagens. Dentre elas, o maior alcance de sinal com mais velocidade e uma taxa de perda insignificante.

A velocidade de transmissão de dados desse modelo de cabo chega a 40 GB ainda que seja a centenas de quilômetros de distância.

Por outro lado, esse tipo de instalação exige um custo mais alto. Além disso, ele apresenta mais dificuldade nos casos de emendas. São muito utilizadas em instalações externas e que exigem longas distâncias.

Outros Artigos

Aviso de Recesso Junino

Estaremos em período de recesso do dia 22 a 25/06.