Tudo o que você precisa saber sobre 5G

5G - velocidade até 20 vezes mais rápida do que a atual

Hoje, imaginar uma vida sem conectividade é como atravessar um caminho escuro sem lanterna ou qualquer iluminação essencial para andar na estrada. As necessidades pessoais e profissionais não costumam funcionar bem sem uma conexão com a internet (salvo algumas exceções). Por isso, em um mundo globalizado e cada vez mais dependente de conexões digitais, o 5G tem despertado a curiosidade de muitas pessoas para conhecer o real impacto desta tecnologia. Neste artigo, desvendaremos tudo o que você precisa saber sobre o 5G, que segundo especialistas, é de velocidade até 20 vezes mais rápida do que a atual.

De acordo com o relatório “Mobile Economy 2022, da GSMA”, o 5G deverá responder por cerca de um quarto do total de conexões móveis até o final de 2025 e mais de duas em cada cinco pessoas no mundo utilizarão uma rede de quinta geração.

Em tempo, o documento da GSMA indica grandes mercados emergentes: Brasil, Indonésia e Índia, que deverão alavancar a produção de dispositivos para uso 5G. Na América Latina, o estudo avaliou que as conexões via smartphone atingiram a marca de 500 milhões em 2021, o que representa uma taxa de adesão de 74% na região. Esse número deve chegar a 80% nos próximos quatro anos, com um ganho de pelo menos 100 milhões de acessos.

No entanto, a América do Sul já apresenta 14 redes 5G. O Brasil aloca a maior parte delas (4 redes) com capacidade compatível com 5G para as faixas de 700 MHz, 2,3GHz, 3,5 GHz e 26 GHz. As demais estão distribuídas entre Chile (três redes), Peru (três redes), Colômbia (uma rede), Suriname (uma rede), Uruguai (uma rede) e Argentina (uma rede). Dessa forma, é necessário investimentos por parte das operadoras e apoio dos governos para que as promessas se concretizem.

Experiência do usuário com serviços digitais

O que você precisa conhecer sobre os desafios do 5G para o Customer Experience

Especialistas acreditam que a tecnologia 5G ampliará as oportunidades de melhorias em nosso cotidiano. Essa aceleração consiste no desenvolvimento de equipamentos em sincronia como Inteligência Artificial (IA) e Internet das Coisas (IoT), que prometem materializar e expandir um sofisticado ecossistema para marcas avançarem em Customer Experience (CX).

Por outro lado, os desafios do 5G para o Customer Experience não param de crescer. A infraestrutura é o primeiro item a ser superado, em que as empresas de telecomunicações devem atrair os investidores para que haja, de fato, robustez e qualidade no serviço. Para o consumidor 5G não é somente uma questão de velocidade, mas, a solução para dificuldades e limitações que o 4G não consegue resolver.

Em tempo, outro fator imprescindível ao CX aplicado ao 5G é a transparência na oferta. Portanto, é fundamental lembrar que, inicialmente, muitas operadoras terão que utilizar a rede 5G no formato NSA (non-standalone), cujo núcleo central está interligado ainda ao sistema 4G. Na prática, neste primeiro momento, a capacidade do 5G será parcialmente utilizada. A rede 5G poderá ser plenamente aproveitada, somente, quando as redes operarem em SA (standalone) que é o 5G puro.

O lado invisível do 5G

Profissionais da área avaliam que os maiores desafios serão sentidos no setor corporativo. As empresas interessadas nas oportunidades do 5G sentirão a necessidade de desenvolver uma estratégia, um modelo de governança e de análise de risco para garantia de uma adoção segura do 5G nos seus processos de negócio. Por isso, o nosso propósito em detalhar tudo o que você precisa saber sobre o 5G.

No lado oposto, as operadoras móveis que ofertarem um pacote de serviços integrados, incluindo, mas não se limitando a controles e processos de segurança bem definidos, sairão na frente. Ainda segundo informações de especialistas no assunto, será o desenvolvimento de um modelo baseado em “security by design”, no qual seus produtos terão uma vantagem competitiva de mercado e que poderá influenciar o processo de decisão das empresas na hora de contratarem suas redes privadas 5G.

Leia mais: 5G atinge novos limites de velocidade no Brasil

Ao revelarmos todas as coisas que você precisa saber sobre o 5G, uma expectativa é gerada na vida dos consumidores em razão da alta velocidade, baixa latência (o tempo que leva para um sinal ou pacote de informação ser enviado) e a possibilidade de ter um grande volume de devices conectados simultaneamente.

Cidades inteligentes, agronegócio, indústrias 4.0, ensino à distância e ainda conteúdos em realidade virtual, realidade aumentada e metaverso poderão encontrar no 5G um novo incentivo para transformar a experiência de consumo em serviços e produtos digitais.

Profissionais da área avaliam que os maiores desafios serão sentidos no setor corporativo

5G e o contexto brasileiro

O prazo para início do 5G na faixa de 3,5 GHz nas capitais brasileiras era 31 de julho de 2022. No entanto, no início de junho, a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) informou a postergação da ativação do 5G para o final de setembro. A medida, conforme a Anatel, foi necessária em consequência da escassez de equipamentos para limpeza da faixa de 3,5 Ghz, a fim de, evitar interferências no tráfego do sinal 5G com sinais de TV para antenas parabólicas que transitam nesse mesmo espaço.

Contudo, existe uma forte expectativa sobre como o 5G pretende aprimorar a experiência de uso de uma gama de serviços. Enquanto o 4G com uma boa conexão assegura velocidades entre 30 e 40Mbps, chegando a 100Mbps em uma conexão excelente, o 5G, na contramão desse processo, conseguirá velocidades de 1 a 10Gbps. Ou seja, uma diferença de 10 vezes ou mais, quando comparada ao 4G.

Nesse contexto, o 5G reduz esse tempo para percorrer a rede em até 10 vezes, saindo dos 50 a 70 milissegundos do 4G para uma ordem de 1 a 5 milissegundos. Enquanto o 4G viabilizou o aproveitamento dos serviços relacionados ao impulso digital ao consumidor, as operadoras defendem a entrada do 5G em sua melhor frequência, em que essas aplicações alcançarão um nível de qualidade de transmissão muito superior.

Com a chegada do 5G, um leque de oportunidades foi ampliado para aperfeiçoar a experiência do consumidor com serviços e produtos. Assim, vale o reforço de tudo o que você precisa saber sobre o 5G. A usabilidade de todo o potencial dessa tecnologia, aliada ao suporte das operadoras e órgãos competentes, é quem responderá melhor sobre a evolução do 5G e se a tecnologia suprirá as necessidades que o 4G ainda não conseguiu oferecer aos consumidores.

Essa espera tão aguardada para o advento do 5G contempla a evolução da experiência do usuário com serviços digitais. Todavia, vale ressaltar que o processo é complexo e, desta maneira, necessita de planejamento entre todos os agentes envolvidos. Os consumidores passarão a usufruir dos ganhos do 5G no contato com marcas, produtos, serviços e outras infraestruturas, ao passo que governos e indústrias forem se moldando a esse crescimento e utilização.

Gostou deste artigo? Esperamos que você tenha conhecido um pouco mais sobre a tecnologia 5G.

Para conhecer a nossa história e contratar os nossos serviços, entre em contato agora mesmo com o nosso time de especialistas: (71) 3230-0789/3341-7725.

Outros Artigos

Fibra óptica em áreas industriais

Partindo do pressuposto de que a fibra óptica é uma das grandes tendências da telecomunicação, é possível compreender este recurso como uma alternativa significativa para