Tudo sobre certificação de cabeamento estruturado

certificação de cabeamento estruturado em detalhes

O processo de instalação do cabeamento estruturado não deve se restringir apenas à parte operacional da instalação em si, mas precisa passar também pelo crivo da certificação. É fundamental que o cliente tenha a comprovação de que o serviço, os materiais e os parâmetros estão de acordo com as normas vigentes, porque é esse conjunto de fatores que determinará a qualidade do cabeamento estruturado.

Pelos cabos de rede passam os dados de comunicação da sua empresa. Assim, qualquer problema no cabeamento é capaz de gerar danos irreparáveis e comprometer o funcionamento do negócio, seja de forma parcial ou até paralisando totalmente suas atividades.

Portanto, você precisa conhecer o que significa a certificação de cabeamento estruturado, para entender a importância de contratar uma empresa especialista nesse serviço, garantindo, assim, a qualidade e segurança da transmissão de dados e, ao mesmo tempo, o funcionamento pleno de seus negócios.

O que é a certificação de cabeamento estruturado?

Quando a gente fala em certificação de cabeamento estruturado, estamos nos referindo a um conjunto de testes que avalia se a instalação segue as orientações das normas técnicas e legais que tratam do tema. O serviço requer conhecimento e equipamentos específicos, motivo pelo qual deve ser feito por empresas que tenham a expertise necessária.

Os testes analisam o desempenho da rede e fazem um comparativo com os critérios definidos nas normas em vigor. Ou seja, há a avaliação de vários parâmetros, como, por exemplo, o mapeamento dos condutores, comprimento, atenuação, paradiafonia, impedância, resistência etc. No total, é necessário realizar mais de 20 testes, a fim de que seja possível avaliar com precisão todo o sistema do cabeamento estruturado.

A certificação garante que você terá uma comunicação limpa e segura, livre de ruídos e interferências. Além disso, ela garante também que cada categoria testada trabalhará dentro do padrão de desempenho que a norma exige. Ou seja, se o sistema da empresa utiliza um tipo de cabo específico, toda a infraestrutura de rede precisa ser feita com materiais que sejam compatíveis com esse tipo de cabo.

Por que é importante fazer a certificação?

Os benefícios que o serviço propicia são inúmeros, já até adiantamos alguns deles ao longo desse texto. Mas é fundamental deixar que claro que a certificação do cabeamento estruturado:

  • Possibilita que você avalie a situação atual do seu cabeamento;
  • Mostra a qualidade da mão de obra e dos produtos utilizados na estruturação do cabeamento, ou seja, você terá a real noção se eles são exatamente o que você contratou;
  • Identifica vulnerabilidades de seu sistema de cabeamento estruturado;
  • Permite uma análise sobre a compatibilidade dos produtos utilizados;
  • Garante a segurança na transmissão de dados e informações;
  • Evita problemas na rede capazes de afetar o funcionamento de sua empresa;
  • Determina o padrão de qualidade de sua rede, que trabalhará com performance e desempenho máximos;
  • Otimiza os processos internos e o investimento dos recursos financeiros;
  • Reduz consideravelmente a ocorrência de problemas e o tempo gasto em sua solução.

Além dos benefícios citados acima, a certificação do cabeamento estruturado contribuirá no sentido de evitar que falhas no sistema aconteçam. Assim, por meio da certificação também é possível identificar, por exemplo:

  • Defeitos no material utilizado no cabeamento estruturado;
  • Se o material utilizado é de qualidade inferior da contratada;
  • Procedimentos malfeitos;
  • Danos causados durante a instalação do cabeamento;
  • Identificações feitas de maneira incorreta;
  • Se a quantidade de links contratados foi realmente entregue.

Normas técnicas sobre cabeamento estruturado

Mas então quais são as normas que devem ser obedecidas na instalação do cabeamento estruturado? As normas técnicas que definem padrões e parâmetros são oriundas de órgãos e entidades nacionais e internacionais.

No Brasil, temos normas técnicas publicadas pela Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT). Há ainda entidades internacionais, a exemplo da Associação EIA/TIA (lectronic Industries Association / Telecommunications Industry Association) e da ISO/IEC (International Organization for Standardization – ISO – em parceria com a International Eletrotechnical Comission – IEC), que também estipulam limites mínimos de qualidade.

Os comitês formados dentro dessas entidades construíram regramentos que descrevem os procedimentos a serem adotados em diversos aspectos da instalação do cabeamento estruturado.

Por exemplo, dispõem sobre o processo de instalação em si, sobre a avaliação de performance e desempenho, sobre como solucionar problemas, como realizar a integração do cabeamento de rede, estrutura geral, configurações limites, distâncias, desempenho do hardware e dos meios de transmissão, curvas de frequência, atenuação, tipos de conectores, comprimento e muito mais.

A título de exemplificação, temos as normas técnicas EIA/TIA 568 e a ISO/IEC 11801. Lembrando que o cumprimento dos limites mínimos estabelecidos nas normas é uma obrigação do profissional que faz a instalação e também daquele que fornece os materiais.

Certificação de cabeamento estruturado em Salvador e no estado da Bahia

O serviço de certificação de cabeamento estruturado no estado da Bahia é executado pela empresa Instaltec. Com quase 30 anos de experiência no mercado, a empresa conta com uma equipe especializada no serviço, sempre atenta às normas em vigor e suas eventuais alterações. Além disso, a Instaltec possui os equipamentos de certificação mais modernos do mercado, para oferecer ao cliente final a garantia de uma rede estruturada com alta performance, segura e sem falhas.

 

>> E então, você já fez a certificação de seu cabeamento estruturado? Se tiver alguma dúvida sobre o assunto, é só deixar um comentário, que nós responderemos!

Outros Artigos

Aviso de Recesso Junino

Estaremos em período de recesso do dia 22 a 25/06.